sábado, 31 de outubro de 2015

31/10 Dia de Carlos Drummond de Andrade

  Em minha aula de história, nessa última semana de Outubro, foi proposto pela professora que cada um postasse uma poesia de Drummond em sua rede social no dia 31/10. Vim colocar no blog para compartilhar com meus leitores! 
"Ué, mas dia 31 não é dia das bruxas?"  Sim; mas também é o dia em que o querido Drummond nasceu, em 31/10/1902. 
  Escolhi a minha poesia favorita do Carlos Drummond de Andrade para compartilhar com vocês:

"As sem-razões do amor


Eu te amo porque te amo,
Não precisas ser amante,
e nem sempre sabes sê-lo.
Eu te amo porque te amo.
Amor é estado de graça
e com amor não se paga.



Amor é dado de graça,
é semeado no vento,
na cachoeira, no eclipse.
Amor foge a dicionários
e a regulamentos vários.



Eu te amo porque não amo
bastante ou demais a mim.
Porque amor não se troca,
não se conjuga nem se ama.
Porque amor é amor a nada,
feliz e forte em si mesmo.



Amor é primo da morte,
e da morte vencedor,
por mais que o matem (e matam)
a cada instante de amor."


Carlos Drummond de Andrade
31/10/1902 - 17/08/1987



Nenhum comentário:

Postar um comentário